DESENHISTAS PELA DEMOCRACIA

Até a eleição, uma charge nova por dia!

Um quase prefácio

A caricatura – mãe do cartum, da charge, das histórias em quadrinhos e dos desenhos animados – tem uma longa trajetória de crítica aos poderosos se mostrando uma voz sutil, mas importante, que se levanta em defesa da liberdade através do humor.
Esta tradição remete ao final da Idade Média e ao Renascimento, mas podemos assinalar como o marco inicial da moderna caricatura (charge ou cartum político, como preferirem) o início do século XVIII.
Neste particular a França ocupa lugar de destaque (aliás, charge é uma palavra francesa que significa “carga”, o que traduz exatamente sua intenção) quando seus artistas “desenhavam” contra o autoritarismo de Luís XIV.
A partir de então, desde a Holanda, onde artistas franceses buscavam refúgio da tirania real, passando pela Inglaterra e atingindo toda a Europa o desenho de humor político se consolidou.
Procurando se inserir nessa corrente, e tendo em vista que o momento político nacional exige uma posição clara, foi criada esta modesta página. A proposta é apresentar uma nova charge a cada dia, até a data da eleição.
As obras aqui apresentadas podem ser divulgadas por terceiros desde que, obviamente, seja mantido o espírito crítico e o objetivo que orientou sua criação assim como a autoria.

* PÁGINA PESSOAL *